Categoria: Mercúrio

Mercúrio: o duplo por natureza

A primeira coisa que vemos ao analisarmos Mercúrio é sua duplicidade. O planeta é hermafrodita, possui natureza dual, além de reger os signos de Gêmeos e Virgem.

Mercúrio é filho de Zeus, o grande chefe do Olimpo, e a ninfa Maia. Tem como característica um raciocínio muito rápido e a ausência do medo. As coisas mais absurdas que o confrontam, ele tira de letra através da sua agilidade mental, usada como subterfúgio em determinadas situações. Essa agilidade também é dupla e, portanto, tanto física como mental. 

As asas em seus pés e no seu capacete representam justamente sua inteligência em pensar e se deslocar muito rápido. É por isso que Mercúrio rege a inteligência, o intelecto e o raciocínio. Essa inteligência serve para avaliar, por exemplo, a melhor forma de chegar rápido a um determinado lugar. Nesse sentido, uma analogia bem interessante para pensarmos em Mercúrio é considerá-lo um carteiro. Na verdade, ele era exatamente o “carteiro do Olimpo” ou, melhor dizendo, o mensageiro de lá, sempre muito ágil por conhecer e saber como se deslocar com a maior eficiência e eficácia.

Inclusive, toda memória associada a fatos também tem ligação com o planeta. Numa situação de estudo, por exemplo, tudo aquilo que foi lido e armazenado no cérebro pode ser acessado com eficiência através de Mercúrio.

Mercúrio era o mensageiro do Olimpo e particularmente de Zeus, seu pai. Transportava de tudo, inclusive as almas que iam para o reino dos mortos. Era o único que não representava nenhuma ameaça e, portanto, Hades (Plutão), lhe dava livre acesso aos mundos inferiores.

O planeta rege além das viagens e dos deslocamentos, as transações comerciais de compra e venda, o comércio, o raciocínio ágil e a capacidade de negociação. Essa agilidade pode acabar tendo um lado embusteiro e/ou malandro. Isso acontece porque Mercúrio pensa tão rápido, que quando se dá conta ele já deu “um nó” no cérebro dos outros, muitas vezes enganando ou ludibriando a todos, por puro prazer de utilizar a sua privilegiada agilidade mental – como se fosse um divertimento infantil ou maroto.

É lógico que Mercúrio também tem o seu lado curioso, ligado a Gêmeos, porque ao ser o “repórter” do Olimpo ele acaba sabendo de todos as notícias. Por outro lado, esse planeta também pode usar seu raciocínio privilegiado para ajudar, cooperar e servir às outras pessoas, executando muitas tarefas com método, precisão e superior capacidade de análise, tal qual funciona o signo de Virgem. Lembro que a habilidade de um músico tocar um instrumento, com a técnica e precisão de um expert, também está ligada à inteligência virginiana. Por isso, faz todo sentido que o planeta seja regente de ambos os signos.

Gostou desse conteúdo, mas achou ele muito curtinho? Conheça o nosso Curso Online de Formação em Astrologia em https://ciadosastros.com.br/ e venha estudar com a gente!

Memórias do ponto de vista astrológico

Há basicamente três níveis de memória do ponto de vista astrológico, baseados na Lua, em Mercúrio e em Saturno.

A Lua no mapa astral, por exemplo, representa as emoções. Por isso, quando o assunto é memória, ela fala de tudo ligado às emoções e impressões recebidas, de alguma forma, que ficaram gravadas em nós. Quando vivemos uma situação é a Lua que registra tudo o que foi sentido e despertado por determinado tipo de acontecimento.

A memória relacionada a Mercúrio é completamente diferente da memória relacionada à Lua. Quando falamos da memória de Mercúrio, falamos de uma memória isenta de emoções. Em primeiro lugar, Mercúrio rege os signos de Gêmeos e Virgem. Quando nos referimos à memória mercuriana de Gêmeos, estamos falando de todas as informações que captamos, guardamos e recorreremos, quando necessário. Quando se estuda para uma prova, por exemplo, é Mercúrio que cataloga as informações. Além disso, ainda pelo lado de Gêmeos, também existe a memória dos deslocamentos, ligada aos nomes das ruas, das pessoas, dos caminhos pelos quais percorremos, quais são mais rápidos, etc. Isso também tem um pouco a ver com Virgem, muito embora a curiosidade de buscar a informação seja de Gêmeos.

Do ponto de vista da memória mercuriana de Virgem, podemos relacionar à precisão ou inteligência do movimento, entre outras coisas. Basta pensar numa pessoa que realiza movimentos mínimos e precisos, como um pianista, por exemplo. Aqui vamos encontrar a técnica do pianista que estuda uma obra e sabe qual a movimento que deve ser executado a cada milisegundo para tocar a nota desejada. Além disso, Mercúrio do ponto de vista Virgem está ligado a forma como se guarda a memória, ou seja, toda vez que se executa algum movimento automático, desde escovar os dentes até coisas mais complexas do cotidiano, isso está ligado a Mercúrio. Dessa forma, a inteligência de Mercúrio identifica o caminho, a sequência e o movimento mais rápido e eficiente a ser realizado.

Já a memória ligada a Saturno funciona por acumulação de experiências. Trata-se de uma memória que acumula erros e acertos ao longo da vida e que permite identificar o que foi feito corretamente ou não. Às vezes, essa memória tem a ver com experiências muito dolorosas, já que Saturno busca excelência, e, portanto, é muito crítico com os erros, o que pode nos travar, por assim dizer, deixando um rastro de preocupação ou insegurança de fazer e dar errado novamente. O que pode ser feito, então? Podemos usar a experiência passada para fazer algo diferente e melhor.

Achou esse post muito curtinho? Conheça o Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: www.ciadosastros.com.br

 

Como funciona a técnica da sinastria? Descubra com o exemplo de Mercúrio!

Hoje vamos falar sobre um aspecto muito interessante da nossa vida, que é a nossa boa relação (ou não) com as outras pessoas. Já reparou como tem pessoas ao nosso redor com quem temos uma facilidade muito grande para nos relacionar e, ao contrário também, pessoas que precisamos fazer um pouco de esforço para conviver ou nos relacionar?

Através de uma técnica astrológica, chamada Sinastria, é possível desenvolver um estudo para avaliar o nível de compatibilidade entre duas pessoas e, mais do que isso, que áreas são compatíveis e que áreas são divergentes.

Ninguém se dá 100% bem, nem 100% mal com alguém. O que existe são pontos com maior encaixe e fluência e pontos que provocam divergência. Como funciona essa técnica? Verificamos como cada um dos planetas no mapa de uma pessoa toca os planetas de outra pessoa, assim fica muito evidente pontuar que funções da personalidade (planetas) afetam positivamente ou desarmonicamente as funções da outra personalidade.

Mercúrio, por exemplo, é um dos pontos principais de afinidade e até mesmo de
durabilidade das relações, amorosas, familiares, de amizade e profissionais. Mercúrio tem a ver com o diálogo, entendimento, afinidades de pensamentos, pontos de vista convergentes ou divergentes. Quando Mercúrio de determinada pessoa faz um bom contato ou um com o Mercúrio de outra pessoa (Mercúrio em Aries de uma pessoa e Mercúrio em Leão ou gêmeos de outra pessoa). Toda essa parte de diálogo, entendimento e afinidades de pensamentos ajudam a relação com muita facilidade. Às vezes, com poucas palavras essas pessoas já captam o nosso pensamento ou o ponto de vista é próximo, ressaltando as afinidades na conversa, o “falar a mesma língua”.

Em contrapartida, se temos Mercúrio fazendo um aspecto tenso com o outra pessoa a sensação é bem diferente. Por exemplo, Mercúrio em Aquário e outra pessoa com Mercúrio em Leão, ou uma pessoa com Mercúrio em Escorpião e outra, em Touro. Existe uma divergência de pontos de vista e pensamentos muito grande, dando a impressão de que precisamos de um tradutor ou intérprete pra conversarmos com uma pessoa. Todo mundo nos entende, mas essa pessoa especificamente diz que não entendeu a maneira como falamos e o assunto vira uma bola de neve. A comunicação só piora essas divergências. Quanto mais essas pessoas conversam, mais se desentendem. Isso já aconteceu com você?

Nos próximos posts, vamos falar sobre outras funções planetárias muito interessantes (como Vênus, Marte, Júpiter) e vamos explicar como a interação de um planeta de determinada pessoa com o de outra pode gerar um enorme bem-estar; O objetivo de todas as relações, ou pontos de atrito que, por vezes, podem até mesmo inviabilizar relacionamentos.

Sinastria é a técnica que estuda a natureza das compatibilidades e faz parte do Curso de Formação da Cia dos Astros, formada por Márcia Mattos, Carlos Hollanda e Sérgio Pupo.

Curtiu? Este é um post baseado nas falas de Márcia Mattos, da Companhia dos Astros.

Inscreva-se no Canal da Cia dos Astros e fique por dentro desse vasto mundo da Astrologia: www.ciadosastros.com.br