Página 2 de 18

Planetas sem aspectos: e agora?

Recentemente você acompanhou aqui no blog um conteúdo muito interessante sobre aspectos planetários: o que são e o que eles indicam, e viu que eles mostram basicamente o modo de interação entre os planetas, com base no local onde estão naquele momento. Por outro lado, também existem planetas sem aspectos. Não é uma situação muito comum, mas acontece!

Por sem aspectos devemos considerar a ausência não só dos aspectos maiores, que já vimos aqui no blog, como conjunção, oposição, quadratura, trígono e sêxtil, como também os médios e os menores, que você verá mais adiante. 

Morin de Villefranche, um astrólogo francês, destacou em seus estudos que um planeta sem aspectos, principalmente Sol e Lua, os mais desafiadores, pressagia algo de insólito ou extraordinário em relação aos significado das casas astrológicas. Em outros estudos, aqueles planetas sem aspectos são vistos como uma conotação uraniana, ou seja, com um certo quê de genialidade! 

Análise dos planetas sem aspectos: é possível?

Essa é uma boa pergunta! Quando um planeta não forma aspectos com outros planetas, casas angulares, ascendente, descendente, fundo e meio do céu, nodos ou cúspides de outras casas, realmente, pode ser desafiador perceber o tipo de energia sugerida ali. Em contrapartida, podemos analisar se aquele planeta está em um signo de domicílio ou exaltação, por exemplo, e se essa energia se expressa de forma mais adequada às características do signo que rege. Além disso, pode ser que ele esteja em exílio ou queda. Nesse sentido, é possível saber como sua energia flui e o “palco” de sua atuação.

Vale lembrar que mesmo que um planeta não tenha aspectos, pode ser ativado por trânsitos, progressões, eclipses, lunações, entre outros, que ajudam a expressar suas potencialidades. 

Cada planeta sem aspectos carrega suas próprias peculiaridades. Sol sem aspectos, por exemplo, pode indicar que uma pessoa oscila entre ego centrado e desânimo ou desinteresse em interagir com os outros. A Lua sem aspectos, por sua vez, geralmente indica que uma pessoa tem dificuldades em se relacionar afetivamente, demonstrando frieza e distância em suas relações. 

As possibilidades são inúmeras e dependem muito da análise completa do mapa natal. E você, já parou para observar se existe algum planeta sem aspectos no seu mapa? 

Se você gostou desse conteúdo e ficou curioso para experimentar a descoberta de analisar um mapa natal, saiba que o Curso Online de Astrologia da Cia dos Astros espera por você! Nele você aprenderá de forma sistematizada e didática os fundamentos da astrologia, passando pelo significado dos signos, planetas, casas, aspectos, até chegar ao módulo de interpretação! Eu, Sérgio Pupo, espero por você! Acesse https://ciadosastros.com.br/ e aproveite!

Astrologia: por que estudar online?

O universo é uma dança cósmica que nunca acaba. Nela tudo está conectado: nascimentos, pessoas, relacionamentos, negócios e acontecimentos dos mais diversos tipos. A astrologia, por sua vez, é a música entoada pelos astros e orientadora dos passos de cada coreografia. É por isso que seu estudo é enriquecedor e repleto de significado! 

A astrologia é, antes de mais nada, o melhor caminho para quem busca o autoconhecimento! Para ela o homem é um produto da Terra e, portanto, um processo da natureza – assim como todos os demais. Dessa forma, também está submetido às leis do Cosmo. 

Com todos os acontecimentos dos últimos meses é impossível não se questionar sobre o sentido de tudo isso, tanto do ponto de vista individual quanto coletivo, não é verdade? Quem já tem um pouco de conhecimento sabe que a astrologia não faz adivinhações, mas sim aponta tendências e possibilidades, guiando cada um de nós para comportamentos mais positivos dentro de uma esfera específica. Isto é, ensinando que apesar dos eventos negativos há sempre caminhos possíveis para lidar com eles da melhor maneira possível! 

Ao estudar online você garante maior flexibilidade em seus estudos, já que pode assistir aos vídeos quando e onde quiser, pausá-los e retomá-los quando for possível, além de ser uma modalidade mais acessível em termos de custo-benefício: sem deslocamento, mesma qualidade de conteúdo, evidentemente bem estruturado, do que se fosse um curso presencial, por exemplo. Além disso, todos os módulos disponíveis no Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros são profissionalizantes. Isto é, ao final do curso você terá um arcabouço para ser um astrólogo e atender, além de familiares de amigos, pessoas que procuram um caminho de autoconhecimento e compreensão sobre suas vidas (mapa natal). 

O que você estudará no Curso Online de Formação em Astrologia: 

1) Módulo Básico 

B1: Fundamentos da Astrologia – 20 aulas(*) – Já disponível aqui

A linguagem simbólica e seus significados; o que é astrologia; os os significados dos 12 signos, dos 10 planetas, das 12 casas, dos 4 elementos, dos 3 ritmos e das polaridades. 

B2: Mitologia da Astrologia – 17 aulas –  Já disponível aqui

Todos os mitos que fundamentam os significados dos signos e planetas. 

Obs: ao adquirir o B1 + B2 você tem um desconto super especial 

2) Módulo Intermediário – Pré-interpretação

I1: Interpretando os Planetas em Signos e Casas – 27 aulas 

Significados de todos os planetas nos 12 signos e nas 12 casas. 

I2: Interpretando Aspectos Planetários – 19 aulas Teoria dos aspectos; significados de todos os aspectos entre todos os planetas (66 combinações); significados dos planetas nos ângulos. Obs: ao adquirir o I1+I2 você tem um desconto super especial 

3) Módulo Intermediário – Interpretação 

I3: Entenda as Regências Astrológicas – 14 aulas 

Imersão no significado das 12 casas, identificando como o seu planeta regente influencia a área da vida relativa à ela. 

I4: Regras de Interpretação – 12 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020

 Interpretação de mapas natais (passo a passo, regras, dominante, distribuição, princípios gerais e aplicações.) 

I5: Interpretação na Prática – 15 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020

Interpretação de mapas natais (casas derivadas, regras de Morin, estratégias, prática e exemplos.) 

4) Módulo Avançado – Previsões Astrológicas 

Av1: Previsões usando Progressões – 12 aulas – Já disponível aqui

Tipos de progressões e como interpretar as previsões utilizando as Progressões Secundárias. 

Av2: Previsões usando Trânsitos Planetários – 12 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020 

Como interpretar e prever usando trânsitos planetários dos planetas lentos (Júpiter a Plutão.) 

Av3: Revolução Solar – 12 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020 

Como calcular e fazer previsões com a Revolução Solar. 

Av4: Mecânica Celeste e Cálculo – 8 aulas – Já disponível aqui

Os fundamentos astronômicos essenciais; como se calcula uma mapa astral; como configurar e utilizar o Solar Fire e um App gratuito e completo para tablets e celulares. 

5) Módulo Especialização – Disciplinas eletivas (opcionais e avulsas) 

E1: Pontos médios – 10 aulas – Já disponível aqui

Os pontos de influência entre dois planetas no mapa e seus significados.

E2: Mapa Composto – 12 aulas – Já disponível aqui

Como analisar a energia de um casal, dupla ou grupo de pessoas. 

E3: Sinastria – 12 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020 

Como analisar o impacto de uma pessoa sobre a outra e vice-versa.

E4: Astrologia da Saúde – 8 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020 

Técnicas para previsões e identificação de pré-disposições e doenças. 

E5: Astrocartografia – 12 aulas (*) – Previsão: 2º sem. 2020 

Influência da geolocalização sobre o mapa natal e seus efeitos. (*) número de aulas previstas – pode ser um pouco maior ou menor – a se confirmar no lançamento.

Cada vídeo aula tem em média de 50min a 1h20; cada disciplina é acessível por um ano após a compra, de modo que você pode revê-la e consultá-la quantas vezes quiser durante esse período. Eu, Sérgio Pupo, espero por você! Acesse e inscreva-se já: https://ciadosastros.com.br/  Dúvidas: contato@ciadosastros.com.br 

Mapa natal e o poder da escolha

O mapa natal de todo mundo sempre tem pontos fortes e fracos (tensões e contradições), que são inerentes a todo ser humano!

Viver com sabedoria implica em usar bem os pontos fortes e aprender a lidar com os fracos, e nisso a astrologia é insuperável. Tanto para nós quanto para o astrólogo, que orienta seus clientes.

Falando especificamente sobre as tensões e contradições, ambas geram eventos e situações em que o indivíduo tem a oportunidade de, por tentativa e erro, aprender a lidar melhor com elas. O que digo é que esses eventos geram experiências e, portanto, a oportunidade de aprender (ou não) com elas. Essas tensões sempre estarão lá, gerando uma tendência primária para comportamentos autodestrutivos. Diferente dos animais, o ser humano tem um nível de livre arbítrio maior, o que permite que ele obtenha – através do esforço – menos comportamentos autodestrutivos.

Em outras palavras, ao “levar na cabeça”, algumas ou muitas vezes, vamos criando um “calo” e uma autoproteção em busca de mudança. Vamos aprendendo a lutar contra a nossa natureza primária autodestrutiva. Então, sim, é possível mudar e “fazer do limão uma limonada”, mas não é imediato e nem fácil. É um processo no qual cada tentativa permite um pouquinho de avanço e às vezes um retrocesso para podermos avançar ali mais adiante! Vale lembrar que é sempre opcional! Por exemplo, se alguém tem um Plutão na casa 2, que significa entre outras coisas: poder, obsessão, profundidade, purgação, morte e renascimento em relação às questões ligadas à segurança material e ao que ele valoriza, há uma chance de ressignificar essas questões. Não que ocorrerá peremptoriamente, mas há uma chance real de profunda ressignificação ao longo da vida. Como disse, é um processo! Se com Plutão de 2 a perda material dói, é porque o apego é muito intenso. Então é aí que é necessário mexer. É aí que está tanto a ruína como a fênix e a total sublimação e cura dessa dor!

Para finalizar, vale lembrar que todos os grandes gênios da humanidade, aquelas pessoas que foram exemplos, ou que fizeram coisas fantásticas e deixaram um importante legado a todos, não tinham mapas natais cheios de trígonos e planetas bonzinhos e favoráveis. Tinham, sim, profundas contradições e tensões! Apesar disso, conseguiram feitos incríveis, porque voluntariamente escolheram trabalhar arduamente na mudança de seus comportamentos autodestrutivos! 

O fato de existirem contradições e tensões no mapa não é garantia de que a pessoa vai fazer coisas fantásticas na vida, mas revela que ela terá a chance de se esforçar para superar essas contradições! Ou não, porque a decisão será sempre pessoal…

Curtiu esse post? Eu, Sérgio Pupo, espero por você com muito mais conteúdos astrológicos no Curso da Cia dos Astros. Acesse http://ciadosastros.com.br/ e inscreva-se!

Astrologia: posso ser influenciado por outra pessoa?

Na vida, dependendo da nossa personalidade, é comum que sejamos influenciados positivamente ou negativamente por pessoas ao nosso redor. Você já parou para pensar se isso acontece também do ponto de vista astrológico? 

Na astrologia existem duas técnicas muito poderosas para analisarmos como funciona a interação e a dinâmica entre as pessoas. Uma é a Sinastria, que mede e esmiúça o impacto de uma pessoa sobre a outra e vice-versa. E a outra é o Mapa Composto, que diferente da Sinastria, que só pode ser aplicada a cada par de pessoas, pode ser aplicado a casais, sócios e até grupos com grande número de pessoas. Ambas as técnicas podem ser usadas ser feito tanto do ponto de vista pessoal quanto profissional!

É importante salientar que tanto a Sinastria como o Mapa Composto não determinam se um relacionamento dará certo ou não, mas apontam a dinâmica que acontece no casal ou no grupo, permitindo que possamos identificar onde estão as facilidades e onde podemos melhorar essas relações. Bacana, né?

A chave para analisar mais friamente tudo isso é ver a situação de fora, o que é garantido pelo astrólogo que realiza essas análises, avaliando todas as nuances apontadas pelos posicionamentos encontrados. 

Na Cia. dos Astros temos uma disciplina específica de Mapa Composto, que explica em detalhes desde como você pode calcular o mapa composto, até como e aplicar interpretar o mesmo. Olha ela aqui! E ainda nesse segundo semestre de 2020 iremos disponibilizar uma disciplina totalmente revisada falando tudo o que você precisa saber para dominar Sinastria astrológica. 

Às vezes você não tem vontade de se tornar um astrólogo, mas quer apenas entender melhor quem você é, como se expressa, como lida com os desafios e como é sua relação com as pessoas mais próximas. Por outro lado, as vezes você pode querer aprofundar seus conhecimentos nesta arte milenar e aprender de fato como analisar mapas natais, de relacionamento e até fazer previsões. São muitas as possibilidades e eu, Sérgio Pupo, convido você para mergulhar no estudo da astrologia comigo! 

Acesse https://ciadosastros.com.br e confira todos os módulos disponíveis. O curso é totalmente online e você pode estudar quando e como quiser!

O lado positivo e negativo de Mercúrio

Você já parou para observar onde Mercúrio está localizado no seu mapa natal? 

Na mitologia romana, Mercúrio é o mensageiro dos deuses e também o deus do comércio e das viagens. Não por acaso, na astrologia o planeta rege a comunicação e o intelecto! Por isso, no mapa natal sua localização representa exatamente onde cada um de nós tem mais facilidade de se expressar. 

Um Mercúrio bem posicionado, por exemplo, pode torná-lo ao longo da vida um excelente comunicador e gestor, influenciando sua capacidade de gerenciar equipes e até mesmo suas habilidades manuais.  

Pelo lado positivo, o planeta traz perspicácia, habilidades intelectuais e manuais, praticidade e diplomacia. Além disso, Mercúrio também estimula a curiosidade pela descoberta, pela cultura de forma geral, o prazer em se comunicar e uma certa habilidade camaleônica de se adaptar a diferentes tipos de situações. Esse é um apanhado geral do lado positivo de Mercúrio, mas é claro que tudo isso depende muito do posicionamento do planeta nos signos e casas do seu mapa natal. 

Já pelo lado negativo pode fazer com que você seja sarcástico, irresponsável e superficial. Lembra do bom comunicador? Com o planeta mal posicionado é justamente o contrário, a pessoa tende a falar demais e sem se fazer entender; a mente, ao invés de ficar aguçada, aqui pode ser dispersa. O interesse é que isso nos afeta já desde bebês. Uma criança com Mercúrio mal posicionado pode começar a falar tarde, por exemplo. 

De maneira geral, Mercúrio tende a não ser muito positivo nos signos de Água, ou seja, Câncer, Escorpião e Peixes. Isso porque pode haver um certo embate entre lógica e emoção. Como tudo tem um lado bom. Mercúrio em signos de Água em contrapartida, pode fazer com que as pessoas talvez consigam expressar mais a respeito do que sentem. 

O posicionamento de Mercúrio revela muito sobre a maneira como cada um de nós se expressa. Ao estudá-lo a fundo é possível compreender que algumas pessoas falam mais pausadamente, enquanto outras atropelam as palavras; algumas portam muitas informações e outras desejam profundamente absorver essas informações e assim por diante. Mercúrio tenso com Urano, por exemplo, pode muito bem ser um fator desencadeador de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e/ou Hiperatividade)!

Gostou desse post, mas quer aprender mais sobre este planeta e os demais? Eu, Sérgio Pupo, espero por você no meu Curso de Formação Online em Astrologia! Acesse https://ciadosastros.com.br/ e inscreva-se! 

Os elementos e seus simbolismos

Desde que Aristóteles difundiu a ideia dos quatro elementos, usamos o Fogo, a Água, a Terra e o Ar para algumas orientações por analogias. Além disso, cada elemento possui características peculiares que podem nos influenciar de diversas maneiras. 

Na astrologia é possível assimilar conhecimentos dos mais variados sobre todos os signos do zodíaco, combinando simplesmente as características de cada elemento com as características de cada signo. Enquanto a Terra representa aquilo que é sólido e tem a ver com a nossa capacidade de realização, o Fogo é abstrato e espontâneo; age impulsionando nossas ações. Já o Ar é o sopro da comunicação e estimula nossa mente e linguagem, enquanto a Água carrega a fluidez das emoções, fazendo com que cada sentimento ganhe força dentro de nós. 

FOGO 

Esse elemento é abstrato e espontâneo; representa ação e criatividade. Pessoas com bastante elemento Fogo no mapa natal tendem a ser dinâmicas, otimistas, perseverantes, mas também agitadas, impulsivas e um pouco insensíveis. O elemento Fogo é o combustível de Áries, Leão e Sagitário! 

TERRA 

Pessoas com grande quantidade de Terra no mapa natal tendem a ser mais introspectivas, sensíveis, passivas e pessimistas. A racionalidade e o pragmatismo são uma marca importante desse elemento, que é a marca de Touro, Virgem e Capricórnio! 

AR 

O Ar é a força que impulsiona a linguagem e a comunicação e, por isso, é a força motriz de Gêmeos, Libra e Aquário. Pessoas que têm muito elemento Ar no mapa natal tendem a ser mentais, conceituais e pensam muito. 

ÁGUA 

O elemento Água é pura emoção e, por isso, sublinha os signos de Câncer, Escorpião e Peixes. Pessoas com muito elemento Água no mapa são mais emotivas, compassivas e empáticas; suas emoções estão sempre transbordando. Apesar disso, geralmente são contidas e não gostam de demonstrar impulsividade.

 Ao analisarmos o mapa natal de uma pessoa, na verdade, o que fazemos é o cálculo de todas as possíveis influências que os planetas, signos e aspectos têm sobre ela. O mesmo ocorre com os elementos, que quando ausentes ou presentes de forma excessiva podem causar gerar ou não certo desequilíbrio. 

Curtiu esse post, mas ficou curioso para entender tudo sobre os quatro elementos e suas influências no mapa natal? Inscreva-se no Curso Online de Astrologia da Cia dos Astros e dê início a essa jornada de incríveis aprendizados >>> https://ciadosastros.com.br/ 

A influência dos astros na nossa vida

Você sempre se interessou por astrologia, principalmente em relação a influência dos astros na sua vida pessoal, profissional e social? Esse é um dos assuntos que geram mais curiosidade e eu, Sérgio Pupo, resolvi abordar esse tema no post de hoje! Quem vem comigo?

“Assim é embaixo como é em cima”. Esse aforismo hermético resume muito bem o significado da astrologia. Nas civilizações antigas, as previsões astrológicas eram utilizadas na agricultura, para compreender os fenômenos naturais, as cheias dos rios, os movimentos e ciclos da natureza, além dos acontecimentos na vida humana. 

Para compreendermos melhor a influência que os astros têm na nossa vida, é feito o mapa natal, uma espécie de fotografia do exato momento em que nós nascemos. O posicionamento dos planetas e signos nas casas astrológicas, os aspectos e trânsitos planetários servem de apoio e orientação na hora de conhecermos nossas tendências, comportamentos, qualidades e desafios. Confira de forma sucinta o que os elementos do mapa natal representam:

Sol 

Representa nossa essência, nosso ego. Como enxergamos a vida e como somos e procedemos. É também o nosso lado ativo ou masculino, e também tem muitas ligações com o nosso pai.

Ascendente

A posição do ascendente se situa na cúspide (início), na primeira casa astrológica no mapa natal. É a primeira impressão que causamos aos demais, como se fosse uma “máscara pessoal, ou nossa persona. 

Lua

Representa nosso lado passivo e emocional: reações emocionais, sensibilidade, inconsciente, expressões emocionais subconscientes e instintivas, intuição, temperamento e aspectos da nossa natureza mais íntima. Tem profunda relação com a nossa mãe.

Mercúrio

Representa nosso intelecto, como raciocinamos, nos comunicamos e nossos padrões mentais. 

Vênus

Representa nossa afetividade, sensualidade e aquilo que nos atrai no outro. Também vai indicar como conseguimos (ou não) seduzir os outros e obter pequenos favores – e é por isso que também é chamado de “pequeno benéfico” da astrologia.

Marte

Marte representa nosso poder de iniciativa, como agimos e avançamos nas coisas que desejamos conquistar. Indica também nossa capacidade de superarmos desafios, de nos defender dos outros e nosso impulso sexual. 

Júpiter

Representa nosso potencial de expansão e crescimento, além do nosso sentido na vida. Sabe aquilo que nos impulsiona individualmente? Tem a ver com Júpiter. Indica também onde podemos obter grandes benefícios.

Saturno

O planeta representa uma espécie de mestre, como um professor, que sempre tem algo a nos ensinar. Ele representa nossa necessidade de sermos excelentes, e, portanto, onde temos medo de errar, e por isso nos limitamos ou nos exigimos. Saturno funciona como um acumulador de experiências para nos tornarmos cada vez melhores. Também indica o nosso nível de responsabilidade, disciplina e maturidade frente aos desafios da vida, apontando nossas fraquezas, faltas e carências.

Urano

Urano é o nosso impulso e anseio por liberdade! Não à toa ele é conhecido como o planeta da revolução, da rebeldia e do novo. Onde temos Urano, é onde a nossa vida tem potencial de nos renovarmos.

Netuno

Netuno representa nossa imaginação, inspiração, espiritualidade e poder de inspiração. Tudo o que promove a transcendência da materialidade tem a ver com Netuno (para o bem ou para o mal): é o encantamento, a arte, a meditação, mas também as drogas e a fuga da realidade. 

Plutão

Representa nossa elevação da consciência acima da materialidade e do cotidiano, trabalhando apegos, promovendo crises, términos e recomeços, morte e renascimento, e transformações profundas. 

É importante esclarecer que o mapa natal não tem a função de determinar o futuro, mas sim apontar tendências que podem nos ajudar em nossa jornada individual e coletiva! 

Curtiu esse post? Eu, Sérgio Pupo, espero por você com muito mais conteúdos astrológicos no Curso da Cia dos Astros. Acesse http://ciadosastros.com.br/ e inscreva-se!

O que o eclipse solar de amanhã promete para nós?

Se você acompanha de perto os eventos astrológicos deve saber que amanhã ocorrerá um eclipse solar. Cientificamente, um eclipse acontece quando a luz de um corpo celeste é bloqueada por outro. Quando a luz do Sol é obstruída pela Lua, temos o eclipse solar na Terra e quando a Terra está alinhada entre o Sol e a Lua, lançando uma sombra sobre a Lua, temos um eclipse lunar. Mas o que será que esse eclipse solar promete para nós?

Apesar de não ser visível no Brasil, somente em algumas partes da Europa, Ásia e África, o eclipse solar acontecerá às 03h41 (hora de Brasília). Sol e Lua estarão a zero grau de  Câncer! Vale lembrar que o Sol representa o futuro, enquanto a Lua representa o passado. Astrologicamente quando a Lua faz sombra sobre o Sol isso significa, dentre outras coisas, que ideias do passado podem retornar (que é o caso desse eclipse do dia 21 de junho). Além disso, Sol e Lua em câncer trazem uma oportunidade indescritível de conexão com as nossas raízes. Isso pode ser bom ou ruim, dependendo de como você recebe essa oportunidade e lida com ela! Tudo isso será mais forte para os nascidos no primeiro decanato dos signos cardinais (Câncer, Libra, Capricórnio e Aquário), bem como quem tem planetas natais em ângulos próximos a zero grau desses signos.

Esse eclipse será um bom momento para resolver tudo aquilo que não pertence ao momento presente, livrando cada um de nós de energias, mágoas e emoções que já não nos cabem mais. Fazendo uma analogia com o nosso guarda-roupa, é como se as roupas ficassem velhas e os sapatos gastos, sem falar na falta de conexão com essas peças que não representam mais nossa essência. É hora de renovar tudo isso!

Mercúrio continua retrógrado em Câncer e Saturno em Aquário. Por isso, a tendência é que haja alguma confusão entre passado e futuro. Revisão de fatos do passado, por exemplo.

Além disso, como tudo tem um lado positivo, Mercúrio retrógrado vai proporcionar mais coragem aos cancerianos. Alô, cancerianos! É hora de cuidar da sua saúde, especialmente a espiritual. Busque se fortalecer nas suas crenças e não se deixe levar pela opinião alheia.

Não podemos esquecer que Saturno continua retrógrado em Aquário, isso reverbera mais na coletividade, promovendo a revisão de diferenças de opiniões. Esteja aberto(a) a isso! 

Todo posicionamento no céu pode ser benéfico se nos abrirmos a ele, respeitando suas orientações e mantendo nosso livre-arbítrio, é claro. A astrologia sempre nos convida para um mergulho no autoconhecimento, a fim de também nos impulsionar para o conhecimento do outro, a nível coletivo! Esse convite é sempre muito bem-vindo para lidarmos da melhor forma possível com todos os acontecimentos, internos e externos. 

Gostou desse post e não quer perder nenhum evento astrológico? Acompanhe nosso canal no Youtube e venha fazer parte do nosso time de alunos! Acesse http://ciadosastros.com.br/ e inscreva-se!

Mercúrio no mapa natal

Mercúrio é o planeta que torna possível a comunicação de nossas ideias, fornecendo a base lógica para pensarmos e decidirmos. Também é responsável pela forma como nos comunicamos uns com os outros e quais os nossos principais interesses. Você já parou para observar onde ele está no seu mapa natal?

O planeta rege a comunicação, a inteligência, o intelecto e os deslocamentos. Dependendo do seu posicionamento no mapa natal, Mercúrio tende a fazer com que você fale muito ou seja muito curioso, seja uma pessoa muito crítica ou tenha uma boa oratória, por exemplo. 

Como imaginamos e sentimos tem a ver com a Lua, como já vimos em alguns conteúdos. Já a maneira como pensamos e raciocinamos tem a ver com Mercúrio. 

Um lado positivo do planeta é que ele é bastante flexível e adaptável. Por isso, qualquer conjunção com outro planeta faz com que sua atuação seja absorvida. Em conjunção com Saturno, por exemplo, a comunicação pode ser um pouco mais direta e fria. 

No entanto quando bem posicionado no mapa natal, Mercúrio permite que você se comunique de forma muito assertiva, compreenda, processe e armazene as informações de forma bem eficiente. Por outro lado, há também os aspectos negativos de Mercúrio, que quando mal posicionado pode abrir as portas para o sarcasmo, a mentira, crenças e verdades absolutas do seu ponto de vista, além de problemas de comunicação. 

O posicionamento de Mercúrio nos signos e casas é fundamental para avaliar que tipo de tendência o motiva na hora de pensar, tomar uma decisão, transmitir suas ideias ou simplesmente aprender algo.

Você se considera uma pessoa curiosa por esse assunto? Então venha fazer parte do time de alunos da Cia dos Astros e aprenda tudo sobre os planetas! Acesse http://ciadosastros.com.br/ e inscreva-se no nosso Curso de Formação em Astrologia!


Vênus: como você lida com o amor? | Especial: Dia dos Namorados

Você já parou para identificar onde está Vênus no seu mapa natal? O planeta representa o modo como você valoriza o amor e a beleza, embora seja popularmente conhecido como o planeta do amor. 

Representado por um glifo com o círculo do espírito acima da cruz da matéria, Vênus representa as aspirações mais elevadas do espírito, colocando sempre aquilo que não é material acima dos assuntos rotineiros. Além disso, o planeta representa a sensualidade, sedução, atração, prazer, alegria e também a capacidade afetiva que cada um de nós possui quando nos relacionamos com o outro. Por isso, a casa astrológica onde Vênus se posiciona é a área da nossa vida onde desejamos mais afeto. Hoje vamos falar justamente disso, do planeta nos signos e casas e na sua forma de lidar com o amor! Preparado?

Vênus nos Signos 

Vênus em Áries: toma a iniciativa nas relações afetivas, que tendem a ser instintivas e binárias (gosta ou não); relações afetivas marcadas por independência, liderança ou agressividade. 

Vênus em Touro: relações afetivas são estáveis, previsíveis e duráveis (têm que gerar segurança); sensualidade; gasta dinheiro com parcimônia e com aquilo que lhe dá prazer ou segurança. 

Vênus em Gêmeos: relações afetivas são pautadas por curiosidade e necessidade de troca de ideias. Se essa troca não ocorrer, se entedia e busca algo mais interessante; pode desenvolver múltiplos esquemas para ganhar dinheiro. 

Vênus em Câncer: tem prazer nas relações familiares ou íntimas; prazer em cuidar, proteger e acolher; pode haver associação entre segurança emocional e financeira.

Vênus em Leão: obtém prazer com diversão; são dramáticos para seduzir e detestam não serem notados; a relação afetiva precisa ser mostrada para os outros; valoriza as aparências e sente orgulho do que tem ou de suas relações afetivas e sociais. 

Vênus em Virgem: quando ama algo ou alguém é prestativo, mas também é crítico; sente-se bem quando ajuda quem ama; valoriza precisão, estética e limpeza; busca total perfeição nas relações afetivas; gosta do que funciona; muito analítico sobre as suas relações sociais e as dos outros. 

Vênus em Libra: fortemente voltado às relações sociais e afetivas; gosta de estar com alguém agradável e belo; valoriza o belo em si, nos outros e nas coisas; diplomacia; afeiçoa-se por ideais e por beleza estética; evita o conflito.

Vênus em Escorpião: as relações sociais e afetivas são marcadas por extrema intensidade; busca a alma gêmea e não apenas um parceiro; essa intensidade gera medo de perda, ciúmes e tendência a manipulação; alta dramaticidade e obsessão pelo objeto de afeto; entende que ter uma relação afetiva significa paixão e sexo em intensidades extremas (se não há, a relação morre); pode ir da paixão máxima à indiferença num segundo se perder a confiança. 

Vênus em Sagitário: muito espontâneos, sinceros e francos com quem amam; prazer por aventuras a dois; relações sociais permeadas por semelhança ética, filosófica ou pelos mesmos princípios de justiça; relacionam-se com pessoas otimistas e divertida; têm prazer em relacionar-se com estrangeiros ou viajar para fora.

Vênus em Capricórnio: cautela e pragmatismo nas relações e na forma de seduzir; desenvolve gostosos, prazeres e relações que duram; responsabilidade e pragmatismo nas relações sociais. 

Vênus em Aquário: as relações sociais e afetivas são dirigidas por ideias em comum e originalidade; a relação social e afetiva pressupõe muita liberdade. 

Vênus em Peixes: quando gosta ou ama contempla, admira e se deixa levar; amor romântico ou idílico; pode se sacrificar por quem ama. 

Vênus nas Casas

Casa 1: charme e sex appeal pessoais; atraente e simpático, é sedutor: jeitos e trejeitos calmos e harmoniosos; veste-se bem ou se apresenta belo e agradável.

Casa 2: valoriza dinheiro e beleza; generosidade com que troca afeto.

Casa 3: gosta de viagens curtas e férias; é provável que tenha relações harmoniosos com os irmãos e vizinhos.

Casa 4: tem prazer em receber em casa ou em estar com a família ou amigos íntimos; busca harmonia e beleza dentro das relações. 

Casa 5: tem prazer em se divertir, jogar ou brincar; paquerar pode ser mais gostoso do que namorar; gosta de hobbies; veia artística ou estética; gosta de elogios. 

Casa 6: busca prazer e harmonia nos ambientes que vive; sente prazer quando a vista está funcionando e em organizar suas rotinas de trabalho ou estabelecer regras e métodos para melhorar sua saúde e higiene; boa relação com os pares e subalternos. 

Casa 7: sente prazer em se relacionar com os outros e consegue harmonizar as relações; sabe diminuir as diferenças, conflitos e injustiças; gosta sempre de estar com alguém; atrai para si pessoas afáveis. 

Casa 8: obtém prazer em descobrir segredos; relações proibidas ou que envolvam sexo, prazer e ocultismo. 

Casa 9: tem prazer quando amplia seus horizontes viajando para longe, estudando ou lidando com ética, filosofia, justiça, ideais mais elevados ou religião; pode firmar relações afetivas que tenham a ver com essas questões. 

Casa 10: costuma ter boas relações no meio profissional ou com superiores; normalmente, são muito bem vistos. 

Casa 11: gosta de estar em turma; muito saudável; obtém benefícios dos amigos, geralmente sendo o fator agregador e harmonizador do grupo.

Casa 12: pode gostar de algo ou alguém, mas não ter certeza ou não conseguir expressar; geralmente não escolhe o par romântico, é escolhido. Se Vênus estiver aflita na casa 12 pode haver sacrifícios e relações afetivas que não podem se tornar públicas, por serem ilícitas ou inconvenientes; vive o amor e a paixão no recolhimento de si, ou seja, se sente bem quando gosta de alguém e fica longe dessa pessoa, deixando a imaginação fluir. 

Gostou desse conteúdo, mas quer saber mais sobre a influência nos planetas nos signos e casas? Inscreva-se no Módulo de Pré-interpretação agora mesmo. Clique aqui e os módulos I1 I2 com desconto: https://ciadosastros.com.br/ 

Página 2 de 18